Editorial - Ano 2015 - Volume 51 - Número 3

Por que fazer um Congresso de Medicina Laboratorial no Brasil?

Why hold a congress of Laboratory Medicine in Brazil?

Escola Paulista de Medicina-Universidade Federal de São Paulo (EPM-UNIFESP)

A Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) realiza anualmente um Congresso Brasileiro de sua especialidade. Mas, por quê? São inúmeros os motivos. Estar em um congresso científico permite atualizar-se e encontrar com colegas de outras regiões do país e do mundo. A atualização técnico-científica na área médica é fundamental, considerando que, com muita rapidez, ocorrem modificações significativas em procedimentos diagnósticos, com a inclusão de métodos mais robustos e a apropriação de novos recursos de automação e informática. É nos congressos que as novidades são apresentadas, seja por palestrantes gabaritados, em palestras, conferências e mesas redondas, seja pelas empresas fornecedoras de insumos e equipamentos. Durante o evento, são enormes as possibilidades de troca e aquisição de conhecimentos, diretamente das fontes geradoras, pela presença de pesquisadores renomados.

O encontro com colegas é sempre motivo de satisfação e regozijo, estreita laços de amizade e permite a troca de experiências vividas no dia a dia. O convívio, ainda que curto, de três ou quatro dias, de profissionais das diferentes áreas diagnósticas laboratoriais e de outras especialidades médicas que utilizam intensamente o laboratório clínico, cria ambiente altamente produtivo para que os benefícios e as limitações sejam discutidos em termos claros e informais.

As empresas, os fabricantes ou as distribuidoras dos insumos e dos equipamentos participam ativamente do sucesso do Congresso montando uma feira, na qual expõem os mais recentes aparelhos, sistemas e metodologias. É a oportunidade não só de conhecer o que está sendo apresentado, mas também de serem realizados acordos comerciais.

Proximamente, de 29 de setembro a 2 de outubro, serão realizados, em Fortaleza, Ceará, o 49º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial e o 1º Congresso Brasileiro de Informática de Laboratorial. A escolha de Fortaleza como sede é a realização de um sonho antigo dos patologistas clínicos e dos profissionais de laboratórios de toda a região Nordeste do país.

O tema central do Congresso de Medicina Laboratorial será "Integração para o diagnóstico" e corresponde à visão que norteia a Medicina Laboratorial atualmente, valorizando a integração entre profissionais de diferentes áreas de atuação e refletindo a realidade de nossos dias, com a crescente integração entre os vários meios diagnósticos.

O 1º Congresso Brasileiro de Informática Laboratorial reunirá as atividades relacionadas com tecnologia da informação em um evento próprio e simultâneo, com duração de um dia, o que agregará mais conhecimento ao participante, sem que ele perca a programação científica do evento como um todo. Para os dois congressos, estão convidados 170 palestrantes brasileiros e 10 estrangeiros. Serão proferidas 24 conferências, além da programação de 45 mesas redondas, cobrindo todas as áreas de Medicina Laboratorial. Cerca de 122 empresas, incluindo fabricantes e distribuidores de produtos para os laboratórios clínicos, entidades governamentais das áreas de saúde e educação e laboratórios privados estarão presentes, participando ativamente de todas as atividades.

O local escolhido foi o Centro de Eventos do Ceará (CEC), inaugurado em 2012, considerado o espaço mais moderno e bem equipado do país para eventos dessa natureza. O Centro possui a infraestrutura ideal para a realização do Congresso, com ampla área para exposição técnico-científica, com salas, auditórios e espaços de convívio e de circulação que garantem o conforto dos participantes.

Adicionalmente, a capital do Ceará possui excelente rede hoteleira e gastronômica, com muitos atrativos turísticos para receber eventos de grande porte. O aumento da frequência de voos diretos entre Fortaleza (Aeroporto Internacional Pinto Martins) e países da Europa facilitou a participação de numerosos convidados estrangeiros.

Seja bem-vindo e curta Fortaleza.

 

Indexadores