Idiomas

  • ISSN (online): 1678-4774
  • ISSN (printed): 1676-2444

Artigos Relacionados

4 resultado(s) para: microscopia, automação, hemograma

Prevalência de alterações microscópicas discordantes com análise automatizada do hemograma

Fabiano de Jesus Santos, Dayse de Oliveira Figueira, Joyce Eliza de Oliveira Souza

J. Bras. Patol. Med. Lab. 2014;50(6):398-401

RESUMO

Introdução: A causa mais comum de erro no diagnóstico relaciona-se com erros de exames laboratoriais, bem como erros de sua interpretação. E com o intuito de reduzi-los, atualmente o laboratório dispõe de equipamentos modernos com resultados precisos e confiáveis. O desenvolvimento da automação revolucionou os procedimentos laboratoriais no Brasil e no mundo. Objetivos: Verificar a prevalência de alterações microscópicas presentes em lâminas hematológicas concordantes e discordantes com resultados obtidos por meio de procedimentos totalmente automatizados. Materiais e métodos: No período de janeiro a julho de 2013, foram analisados os parâmetros hematológicos de 1.000 lâminas. A análise automatizada foi realizada em equipamento de última geração, cuja metodologia baseia-se em impedância elétrica e é capaz de quantificar todos os elementos figurados do sangue em um universo de 22 parâmetros. A hematoscopia foi realizada por dois microscopistas ao mesmo tempo. Resultados: Os dados demonstraram que apenas 42,70% foram concordantes, confrontando com 57,30% discordantes. Os principais achados entre os discordantes foram alterações na série vermelha 43,70% (n = 250), série branca 38,46% (n = 220) e plaquetária 17,80% (n = 102). Discussão: Os dados comprovam que alguns resultados não são compatíveis com a clínica, nem condizem com o estado fisiológico de um indivíduo e podem não ser explicitados por não terem sido investigados, o que pode comprometer o diagnóstico final. Conclusão: Observou-se a importância de a análise hematoscópica qualitativa ser realizada em paralelo à análise automatizada para que se obtenha resultados confiáveis, que cause impacto positivo na prevenção, no diagnóstico, no prognóstico e no seguimento terapêutico.

Palavras-chave: microscopia, automação, hemograma

 

ABSTRACT

Introduction: The most common cause of diagnostic error is related to errors in laboratory tests as well as errors of results interpretation. In order to reduce them, the laboratory currently has modern equipment which provides accurate and reliable results. The development of automation has revolutionized the laboratory procedures in Brazil and worldwide. Objective: To determine the prevalence of microscopic changes present in blood slides concordant and discordant with results obtained using fully automated procedures. Materials and method: From January to July 2013, 1,000 hematological parameters slides were analyzed. Automated analysis was performed on last generation equipment, which methodology is based on electrical impedance, and is able to quantify all the figurative elements of the blood in a universe of 22 parameters. The microscopy was performed by two experts in microscopy simultaneously. Results: The data showed that only 42.70% were concordant, comparing with 57.30% discordant. The main findings among discordant were: Changes in red blood cells 43.70% (n = 250), white blood cells 38.46% (n = 220), and number of platelet 17.80% (n = 102). Discussion: The data show that some results are not consistent with clinical or physiological state of an individual, and cannot be explained because they have not been investigated, which may compromise the final diagnosis. Conclusion: It was observed that it is of fundamental importance that the microscopy qualitative analysis must be performed in parallel with automated analysis in order to obtain reliable results, causing a positive impact on the prevention, diagnosis, prognosis, and therapeutic follow-up.

Palavras-chave: microscopia, automação, hemograma

 

Parâmetros hematológicos em crianças com síndrome de Down

Renato Nisihara; Alana S. C. Souza; Letícia R. Finatti; Nancy O. Palmieri

J. Bras. Patol. Med. Lab. 2015;51(2):85-90

RESUMO

INTRODUÇÃO: São escassos os estudos que investigaram se a síndrome de Down (SD) interfere nos valores de referência para a avaliação do hemograma em crianças com a síndrome.
OBJETIVO: Analisar os resultados dos hemogramas realizados em crianças com SD.
CASUÍSTICA E METODOS: Foram incluídos os dados retirados dos hemogramas realizados em crianças com SD que, no momento do exame, tinham idade entre 2 e 10 anos e não apresentavam no exame clínico sinais e/ou sintomas de doença infecciosa. Os parâmetros hematológicos analisados foram número total de eritrócitos, concentração de hemoglobina (Hb), índices hematimétricos e número total de plaquetas e de leucócitos. Adicionalmente, foram comparados os parâmetros coletados em relação ao gênero e à idade das crianças estudadas.
RESULTADOS: No total, foram avaliados 203 hemogramas (100 meninas e 103 meninos). De maneira geral, comparando-se os valores encontrados nas amostras das crianças com SD e os valores já descritos na literatura como sendo de referência para crianças nessa faixa etária, não foram observadas diferenças significativas nos parâmetros estudados. Não se observou diferença na prevalência de anemia em relação aos gêneros (p = 0,33), sendo 14/103 (13,6%) meninos e 11/100 (11%) meninas com anemia. No entanto, na comparação entre os gêneros, observou-se que os meninos apresentaram Hb e índices hematimétricos significativamente menores que as meninas (p < 0,001).
CONCLUSÃO: Esta investigação é pioneira no Brasil ao apresentar e analisar os resultados dos hemogramas das crianças com SD, relatando que seus índices hematológicos encontram-se dentro do esperado para crianças sem a SD. Adicionalmente, foi possível verificar que 12,3% delas apresentavam anemia.

Palavras-chave: Síndrme de Down; parâmetros hematológicos; hemograma, anemia.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: There are few studies that investigated whether Down syndrome (DS) interferes with references values for complete blood counts (CBC) test in children with the syndrome.
OBJECTIVE: This study aimed to analyze the results of CBC performed in children with DS.
PATIENTS AND METHODS: Data from CBC of DS children were included; at the time of examination they were aged between 2 and 10 years and had no clinical signs and/or symptoms of infectious disease. The hematological parameters analyzed were: total number of erythrocytes (RBC), hemoglobin (Hb) concentration, hematological indices, platelet count, and total number of leucocytes. Additionally, we compared the collected parameters according to gender and age of the children studied.
RESULTS: A total of 203 CBC (100 girls and 103 boys) were evaluated. In general, no significant differences were observed in studied parameters between the values found in samples of DS children and the values described in the literature as a reference for children in this age group. No difference in the prevalence of anemia was observed in relation to gender (p = 0.33), 14/103 (13.6%) boys, and 11/100 (11%) girls had anemia. However, the Hb and hematological indices values found in boys was significantly lower than in girls (p < 0.001).
CONCLUSION: This investigation is the first one in Brazil to present and analyze the CBC results of DS children, reporting that their hematological indices are within the expected range for children without DS. Additionally, it was found that 12.3% of them had anemia.

Palavras-chave: Síndrme de Down; parâmetros hematológicos; hemograma, anemia.

 

Lipoma de células fusiformes intraoral com diferenciação condroide: importância no diagnóstico de lesões orais contendo tecido cartilaginoso

Ademar Takahama Junior; Michele F. Brantes; Jorge E. Leon; Adriele F. Gouvêa; Oslei P. Almeida

J. Bras. Patol. Med. Lab. 2016;52(3):189-193

RESUMO

Lipomas são neoplasias benignas de tecido adiposo que podem apresentar diversas variantes e raramente são encontradas na cavidade oral. Apresentamos o caso de uma mulher de 62 anos de idade com queixa de um nódulo na língua. A análise histopatológica da lesão revelou tumor encapsulado composto de tecido mixoide, células fusiformes e adipócitos maduros em transição para tecido cartilaginoso. Nenhum sinal de recorrência foi observado após acompanhamento de cinco anos. O diagnóstico de lesões mesenquimais intraorais contendo diferenciação condroide requer atenção especial, principalmente para a diferenciação de lesões benignas e malignas.

Palavras-chave: lipoma; diagnóstico; microscopia; cartilagem.

 

ABSTRACT

Lipomas are benign neoplasms of adipose tissue presenting several histologic variants, which can be rarely found in the oral cavity. We present a case of a 62-year-old woman with a submucous nodule located in the tongue. Histopathological examination revealed an encapsulated tumor composed of myxoid tissue, spindle cells and mature adipocytes in transition to cartilaginous tissue. The final diagnosis was spindle-cell lipoma with myxoid change and chondroid differentiation. No sign of recurrence was found after five years. The diagnosis of intraoral mesenchymal lesions with chondroid differentiation requires careful histologic examination, mainly to differentiate between benign and malignant lesions.

Palavras-chave: lipoma; diagnóstico; microscopia; cartilagem.

 

Aplicações da microscopia eletrônica em saúde: o exemplo da epidermólise bolhosa

Maiara A. Floriani; Ana Elisa K. Bau; Raquel P. Silva; Carla Graziadio; Luiza Emy Dorfman; Tatiana D. Zen; Rafael Fabiano M. Rosa; Paulo Ricardo G. Zen

J. Bras. Patol. Med. Lab. 2017;53(1):65-67

RESUMO

Relatamos o caso de um paciente com epidermólise bolhosa distrófica (EBD) diagnosticado por microscopia eletrônica de transmissão (MET), destacando aplicações e importância desta técnica na área da saúde. Paciente do sexo masculino, filho único de pais jovens não consanguíneos, sem histórico de caso familial. O paciente foi submetido à biópsia cutânea, na qual a MET revelou comprometimento da membrana sub-basal, confirmando o diagnóstico de EBD. Apesar dos avanços tecnológicos, a MET continua tendo papel importante no diagnóstico e na pesquisa clínica, sendo considerada a melhor opção para a confirmação do diagnóstico e dos subtipos de doenças como a epidermólise bolhosa (EB).

Palavras-chave: epidermólise bolhosa; epidermólise bolhosa distrófica; epiderme; membrana basal; microscopia eletrônica.

 

ABSTRACT

We report the case of a patient with dystrophic epidermolysis bullosa (DEB) diagnosed by transmission electron microscopy (TEM), emphasizing the applications and importance of this technique in the health area. The patient was a male, the only child of young and non-consanguineous parents without similar cases in the family. The patient underwent a cutaneous biopsy in which TEM revealed sub-basal membrane involvement, confirming the diagnosis of DEB. Despite technological advances, TEM continues to play an important role in diagnosis and clinical research and is considered the best option for confirmation of diagnosis and subtypes of diseases such as epidermolysis bullosa (EB).

Palavras-chave: epidermólise bolhosa; epidermólise bolhosa distrófica; epiderme; membrana basal; microscopia eletrônica.

 

Indexadores