Idiomas

  • ISSN (online): 1678-4774
  • ISSN (printed): 1676-2444

Artigos do Autor

1 resultado(s) para: Gleise G. Soares

Produção de biofilme e perfil de resistência de cepas de Enterobacter sp. isoladas de úlcera por pressão em Petrolina, Pernambuco, Brasil

Gleise G. Soares; Joice F. Costa; Flávia B. S. Melo; Rachel Mola; Tereza Cristina L. Balbino

J. Bras. Patol. Med. Lab. 2016;52(5):293-298

RESUMO

INTRODUÇÃO: O gênero Enterobacter é formado por bactérias fermentadoras de lactose. Esse microrganismo causa largo espectro de infecções hospitalares, como pneumonia, infecções do trato urinário e feridas, além de associar-se à colonização de dispositivos hospitalares.
OBJETIVO: Definir o perfil de resistência e a produção de biofilme de cepas de Enterobacter sp. isoladas de úlcera por pressão.
MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo quantitativo, tipo pesquisa de campo (documental) laboratorial, realizado em um hospital do município de Petrolina (PE). Foram coletadas amostras de 30 feridas de pacientes internados na clínica médica, portadores de úlceras por pressão em estágio II, utilizando a técnica em "Z" com swab estéril no período de fevereiro a maio de 2014.
RESULTADOS: As bactérias mais prevalentes foram Enterobacter sp. e Escherichia coli. Todas se mostraram multirresistentes aos antimicrobianos. As cepas de Enterobacter sp. em sua maioria foram classificadas como produtoras moderadas de biofilme.
CONCLUSÃO: As cepas de Enterobacter sp. mostraram alto perfil de resistência aos antimicrobianos usados na rotina clínica.

Palavras-chave: Enterobacter; biofilmes; úlcera por pressão; resistência microbiana a medicamentos.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The Enterobacter genus is formed by lactose-fermenting bacteria. These microorganisms cause a wide range of hospital infections such as pneumonia, urinary tract infections and wounds; and they are associated with the colonization of medical devices.
OBJECTIVE: To define the resistance profile and the biofilm production of Enterobacter sp. strains isolated from pressure ulcers.
MATERIALS AND METHODS: A quantitative field research (documentary) type laboratory study performed at a hospital in the municipality of Petrolina (PE). Samples were collected from 30 wounds of internal medicine inpatients with stage II pressure ulcers, using the Z-technique with sterile swabs, from February to May 2014.
RESULTS: The most prevalent bacteria were Enterobacter sp. and Escherichia coli. All proved multiresistant to antibiotics. Most strains of Enterobacter sp. were classified as moderate biofilm producer.
CONCLUSION: The strains of Enterobacter sp. showed high resistance to the antimicrobials used in clinical routine.

Palavras-chave: Enterobacter; biofilmes; úlcera por pressão; resistência microbiana a medicamentos.

 

Indexadores