Idiomas

  • ISSN (online): 1678-4774
  • ISSN (printed): 1676-2444

Artigos do Autor

1 resultado(s) para: Cristiane F. Oliveira

Análise da fase pré-analítica em laboratório privado da cidade de Maringá-PR, Brasil

Cristiane F. Oliveira; Talma R. L. Fernandes

J. Bras. Patol. Med. Lab. 2016;52(2):78-83

RESUMO

INTRODUÇÃO: A fase pré-analítica envolve a maior parte dos erros dos laboratórios de análises clínicas. Informações que caracterizem a ocorrência desses erros podem ser úteis para disponibilizar estratégias de prevenção e redução.
OBJETIVO: O objetivo principal deste estudo foi identificar os principais erros na fase pré-analítica de um laboratório privado da cidade de Maringá-PR e sua frequência de ocorrência.
MATERIAIS E MÉTODOS: Foram coletados dados dos pedidos de recoleta de junho de 2013 a maio de 2015. Ao todo, foram cadastradas coletas de 707.449 exames; destes, 1.274 (0,18%) tiveram pedidos de nova coleta com base em algum critério adotado pelo laboratório.
CONCLUSÃO: A etapa pré-analítica representou 70,80% dos pedidos de nova coleta. Segundo os relatórios do Banco de Dados do Controle de Qualidade, o motivo mais frequente de recoletas na etapa pré-analítica foi material insuficiente (58,54%), seguido por amostra coagulada (19,29%), amostra hemolisada (9,43%), identificação errada (8,21%), amostra lipêmica (3%) e material errado (1,56%). Embora os resultados dos formulários de não conformidades apresentassem registros diferentes destes, ambos apontam claramente problemas no setor de coleta e cadastro do paciente, confirmando que os principais problemas dos laboratórios clínicos provêm da falta de especificações de qualidade para a fase pré-analítica.

Palavras-chave: coleta de amostras sanguíneas; gestão de qualidade; segurança do paciente.

 

ABSTRACT

INTRODUCTION: The pre-analytical phase involves most of the errors of clinical analysis laboratories. Information characterizing the occurrence of these errors can be useful to provide prevention and reduction strategies.
OBJECTIVE: The aim of this study was to identify the main errors in the pre-analytical phase of a private laboratory in the city of Maringa-PR, and their occurrence rate.
MATERIALS AND METHODS: Data were collected from sample recollection orders from June 2013 to May 2015. A total of 707,449 exams collections were registered, and 1,274 (0.18%) of these had ordered a new collection based on some criteria adopted by the laboratory.
CONCLUSION: The pre-analytical phase represented 70.8% of the orders for new collection. According to the reports from the Quality Control Database, the most frequent reason of recollection in the preanalytical phase was insufficient sample volume (58.54%), followed by clotted sample (19.29%), hemolyzed sample (9.43%), incorrect labeling of sample (8.21%), lipemic sample (3%) and improper sample (1.56%). Although the results of nonconformity forms presented different records, both clearly point to problems in collection and patient registration sector, sustaining that the main problems of clinical laboratories arise from the failure in quality specifications for pre-analytical phase.

Palavras-chave: coleta de amostras sanguíneas; gestão de qualidade; segurança do paciente.

 

Indexadores