Idiomas

  • ISSN (online): 1678-4774
  • ISSN (printed): 1676-2444

Artigos do Autor

1 resultado(s) para: Bruna Cláudia B. Rocha

O conceito de valores críticos no laboratório clínico

Bruna Cláudia B. Rocha; José Adilson R. Alves; Félix Pedro D. Pinto; Maria Elizabete Mendes; Nairo M. Sumita

J. Bras. Patol. Med. Lab. 2016;52(1):17-20

RESUMO

O valor crítico é um resultado laboratorial que representa um estado fisiopatológico de risco à vida do paciente. A comunicação desses resultados é de responsabilidade do laboratório e, segundo a literatura, 95% dos médicos a considera útil na adoção de condutas e no manuseio dos pacientes. Dois terços dos resultados críticos resultam em alguma mudança na conduta terapêutica. A comunicação dos resultados críticos é um procedimento previsto nas listas de verificação dos programas de acreditação laboratorial, portanto o laboratório deve estabelecer a lista dos exames, os respectivos valores críticos e o procedimento, descrevendo o fluxo de comunicação. O indicador de desempenho para esta atividade deve considerar o tempo decorrido entre a liberação do resultado e a sua efetiva comunicação e o percentual de sucesso na comunicação. Não existe padronização acerca dos parâmetros laboratoriais que necessitam ter valores críticos estabelecidos, nem mesmo os intervalos a serem considerados para fins de notificação. A atualização frequente da lista de exames e dos intervalos de valores críticos com base na revisão da literatura e na troca de experiências entre os laboratórios clínicos garante o processo de melhoria contínua para esse procedimento e a segurança do paciente.

Palavras-chave: laboratórios hospitalares; segurança do paciente; indicadores de qualidade em assistência à saúde; administração dos cuidados ao paciente; gestão de qualidade total.

 

ABSTRACT

The critical value is a laboratory result representing a pathophysiological state that offers risk to a patient's life. The communication of these results is a laboratory responsibility and, according to the literature, 95% of physicians consider it useful in decision-making and patient management. Two-thirds of critical results lead to some change in therapeutic approach. The communication of critical results is a requirement for laboratory accreditation programs. Thus laboratories should establish a list of tests, their critical values, and the procedure describing the communication flow. The performance indicator for this activity should consider the time between results release and their effective communication, and the percentage of successful communication. There is no standardization of laboratory parameters that need to have critical values established, not even the ranges to be considered for notification purposes. The frequent update of test lists and critical value ranges based on literature reviews and on experience exchange among clinical laboratories ensure the continuous improvement process for this procedure and patient safety.

Palavras-chave: laboratórios hospitalares; segurança do paciente; indicadores de qualidade em assistência à saúde; administração dos cuidados ao paciente; gestão de qualidade total.

 

Indexadores